SE ENFRENTE! ENCONTRE SUA MANEIRA E VAI!

Se enfrente! Encontre a sua maneira e vai! Se liberte para aquilo que você realmente veio. Que esta história te sirva de inspiração para enfrentar seus medos, seus limites, suas crenças e seus preconceitos a tudo aquilo que é diferente. Pular de para quedas nunca foi meu grande sonho. Conheci Boituva a pouco mais de 2 anos e daí surgiu a ideia: “vamos pular? Porque não?”. Esse momento pra mim não foi apenas lazer e diversão, eu sabia que a partir dele haveria uma transformação. Eu fui pronta para isso.

Uma altura de perder o fôlego:

Altura do salto

Evidente que teve momentos de medo e nervosismo,  mas na hora que você pula de um avião a mais de 260 km por hora, a uma altura de 4 mil metros, nada volta a ser como antes. Ficaram muitas coisas lá em cima no tempo e no espaço….trouxe outras também que jamais pude imaginar.

Na porta do avião não tem como voltar atrás. No entanto, diante de tudo o que eu via abaixo de mim  e a sensação do vento tomando meu corpo , foi o melhor  momento. Um momento em que eu tive a certeza de estar fazendo a coisa certa…. Kkkk

Salto

Depois que salta do avião, o gelo na barriga é tremendo, mas logo passa assim que o paraquedista aciona o “pilotinho”. Chamei todas as forças do Universo, gargalhei, chorei, agradeci, curti a paisagem, o voo e essa sensação de liberdade é indescritível.

“Atrás do medo existem as melhoras coisas do mundo”. Só temos que ter coragem de ir além, se quisermos saber o que tem atrás daquilo que alimenta o medo, nos aprisiona e nos impede de ser aquilo a que viemos ser.

Queda livre

E esta sensação de voar em queda livre,  foi melhor do que depois com o paraquedas aberto.

Queda livre

Namastê.

Rolar para cima